badge
   
Terça-feira, 4 de Março de 2008
Retrato Socioeconómico de Odivelas
Neste Post iremos mostrar o resultado da análise dos dados dos Censos 2001 levada a cabo pelo nosso grupo com o intuito de caracterizar a população de Odivelas.

Uma das actividades que realizámos ao longo deste ano lectivo foi um retrato socioeconómico do concelho de Odivelas, em que caracterizámos a sua população através de determinados indicadores como a idade, a nacionalidade, a religião, o nível de escolaridade, os sectores de actividade, e o local de trabalho e em que avaliámos as estruturas sociais básicas. Aqui estão as principais conclusões:

 

·         Apesar de parte significativa da população ser jovem a tendência é para o envelhecimento da população.

·         A maioria da população é de nacionalidade portuguesa. Ainda assim existe uma grande diversidade de origens, principalmente proveniente dos PALOP´s.

·         Apesar de o número de pessoas com o ensino secundário concluído ter aumentado significativamente, a maioria da população odivelense possui apenas o 1ºciclo do ensino básico. O que é alarmante é que contrariamente ao que seria de esperar a taxa de analfabetismo aumentou nos últimos anos.

·         A maioria da população trabalha no sector dos serviços. No entanto uma fracção significativa trabalha no sector secundário (construção civil, indústria).

·         Mais de metade da população residente em Odivelas não trabalha no próprio concelho.

Gráfico

Com estas informações podemos perceber que é importante que a câmara e as entidades responsáveis criem estruturas que dêem suporte tanto aos jovens como aos idosos. É importante que a população possa tornar-se cada vez mais instruída, e que sejam dados apoios para isso, de modo a que possa alcançar trabalhos mais qualificados. É importante que seja promovido o aumento do emprego no nosso concelho de modo a que as pessoas não tenham de sair da sua cidade para trabalhar. E por fim que a diversidade de origens no nosso concelho possa ser uma vantagem, tornando a população mais receptiva e tolerante. A nível de estruturas sociais concluímos que:

·         Poderia existir um maior número de escolas de Ensino Profissional e Superior e também de creches públicas que são sempre necessárias.

·         O centro de Saúde de Odivelas é conhecido infelizmente pelas suas fracas condições, além de que deveriam de existir um maior número de extensões de modo a servir devidamente todas as freguesias (por exemplo a freguesia da Ramada não possui nenhuma extensão de saúde). O número de médicos também é deficiente.

·         Mas a grande lacuna existente é nos estabelecimentos hoteleiros, pois não existe nenhuma estrutura deste tipo no concelho.

Nós achámos importante realizar este perfil socioeconómico, pois as pessoas é que fazem uma cidade e que a tornam única. Além disso permitiu diagnosticar algumas falhas nos serviços prestados à população.




sinto-me:

publicado por mind5 às 23:44
link do post | comentar | adicionar aos favoritos
|

     

© Mind5 2007 - 2008 | Layout by Pitanga